Santo André, um tutorial

20180416_173929

“Alguma coisa acontece quando ando a pé / Pelas avenidas do centro de ti, Santo André”

o futuro já começou quando encontro Santo André, é incrível como minha sintonia com a cidade não se perde, aos poucos me vejo dentro de seus cruzamentos e faróis, é verdade que tudo isto tem um alto preço para o ambiente, sou fruto desta paranoia urbana, mas tudo também tem suas alegrias. o céu estava cinza e é assim que gosto de ver a minha terra da garoa particular, que é mãe da garoa de são paulo

pra quem não conhece esta é a avenida edson danillo dotto, mas qualquer andreense chama de avenida perimetral, o primeiro e eterno nome

o andreense possui essa coisa meio italiana meio indígena de apelidar carinhosamente os pontos principais do seu lugar, os mais velhos chamam o museu de grupo escolar e ali foi realmente onde eles estudaram durante os anos dourados de sua infância, a rua senador fláquer é chamada pelos velhinhos de rua dos bancos porque realmente existem muitos bancos por lá (embora não haja tamanha necessidade, é mais por praticidade), a rua oliveira lima é um dos principais points ainda no século XXI e poucos lembram que ali resiste o marco-zero da cidade, o shopping ABC na pereira barreto – pertinho de são bernardo do campo – é chamado de mappin pelos mais saudosistas

em cada rua eu encontro um pouquinho do meu passado, afinal foi em santo andré onde comecei a trabalhar e me descobrir enquanto ser humano, essa cidade tem uma nostalgia estranha onde posso dizer com certeza this is where I belong pois sou cidadão andreense, mas ao mesmo tempo é uma cidade deveras estranha pois carrega o gene da metrópole embora não propriamente seja uma delas

santo andré possui o calor nordestino da vila luzita e a indiferença europeia do bairro jardim, mistura a tradição do cine carlos gomes com a inovação do red light duplex, o bar onde me reúno com a inteligentsia teatral da cidade, o mais legal é que ambos estão na mesma rua!, assim como são paulo a nossa cidade está disposta a acolher todos os que chegam desde que tenha muita vontade de trabalhar

é em santo andré onde se encontraram as dúvidas e as indecisões de meu jovem avô, onde vivi pela primeira vez a liberdade de um ser humano, onde vários artistas despontaram para a carreira nacional, santo andré é um palco com microfone aberto para a arte embora as coisas não estejam tanto para peixe, lembro-me da canção dos bee gees que dizia o ontem já foi amanhã, o importante é continuar procurando o caminho para a nossa própria criação e consequente redenção/libertação

assim como a mãe cria o filho para voar, santo andré criou são paulo para o mundo

PAVLISTARVM TERRA MATER, ich werde dich immer lieben

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s